BNDES para Micro e Pequenas Empresas, tem sim! Você sabia?

 

A maioria de nós quando pensa em BNDES acredita ser um banco que só a grandes empresas tem acesso.

E durante muito tempo isso foi assim mesmo, entretanto agora, o banco tem linhas de crédito que apoiam o micro e pequeno empresário.

E já não era sem tempo, uma vez que segundo dados da Fiesp, são 5.028 milhões de empresas no país, das quais 98% se enquadram no grupo de micro e pequena, enquanto as médias e grandes corporações correspondem aos 2% restantes.

Este artigo tem o objetivo de divulgar as linhas de crédito disponíveis para o pequeno empresário e informar como acessá-las, porém para tomar a decisão de buscar ou não esse tipo de financiamento é imprescindível que se conheça com profundidade os números da empresa e tenha bem claro o motivo da necessidade de financiamento.

O Sebrae tem bons cursos introdutórios em finanças e sugerimos aqui a leitura do artigo sobre controles financeiros do nosso blog. Conhecimento sobre finanças é requisito básico para gerir qualquer negócio.

Dito isto, vamos as modalidades de financiamentos, pré-requisitos e formas de contrata-las.

BNDES Microcrédito

O microcrédito é a concessão de empréstimos de pequeno valor a microempreendedores formais e informais, normalmente sem acesso ao sistema financeiro tradicional.

Quem tem direito

Podem obter recursos do BNDES Microcrédito as pessoas físicas e jurídicas empreendedoras de atividades produtivas de pequeno porte, ou seja, aquelas que obtenham receita bruta igual ou inferior a R$ 360 mil em cada ano-calendário.

Os recursos destinam-se sempre ao financiamento de capital de giro e/ou de investimentos produtivos fixos, como obras civis, compra de máquinas e equipamentos novos e usados, e compra de insumos e materiais, no limite de até R$ 20 mil.

Como se dá o apoio

O apoio é feito de forma indireta, por meio do financiamento aos agentes operadores, que repassam os recursos diretamente ao microempreendedor.

O valor do financiamento e a taxa de juros são determinados pelo agente operador, de acordo com limites pré-estabelecidos. Como o BNDES não atua diretamente no apoio aos microempreendedores, os interessados devem dirigir-se aos agentes operadores do microcrédito de sua cidade/região, que analisarão a possibilidade de concessão de crédito e as condições do financiamento.

BNDES Crédito Pequenas Empresas

Quem tem direito

Podem obter essa modalidade de recursos do BNDES as pessoas jurídicas classificadas por porte como micro ou  pequenas empresas, ou seja, aquelas com receita bruta anual até 360 mil ou de 360 mil até 4,8 milhões respectivamente.

Empréstimo visando à manutenção e/ou à geração de empregos, no limite de R$ 500 mil por ano.

Como se dá o apoio

Se você é um micro, pequeno ou médio empresário, pode enviar a sua solicitação pelo canal MPME

Ou dirija-se à instituição financeira credenciada de sua preferência.

Importante saber:

Para pedir um financiamento com recursos do BNDES nas modalidades acima, o cliente deve atender aos seguintes requisitos mínimos:

  • estar em dia com as obrigações fiscais, tributárias e sociais;
  • apresentar cadastro satisfatório;
  • ter capacidade de pagamento;
  • não estar em regime de recuperação de crédito;

 

O que são agentes financeiros credenciados?

São instituições autorizadas pelo BNDES a repassar os recursos de financiamento a terceiros, por meio do processo de crédito de cada agente financeiro, correndo o risco de inadimplemento da operação.

Não são necessariamente bancos, deixei a lista no link acima  ”agentes operadores”. É importante saber que é este agente que dará o crédito a você ou sua empresa, assumindo o risco da operação.

Acompanhe tudo pelo App

 

                         

 

 

Confira os recursos do BNDES MPME:

  • Saiba se o seu pedido de financiamento foi recebido ou aprovado pelo BNDES;
  • Consulte o andamento das suas operações com o BNDES, incluindo em que etapa está o pedido de liberação de recursos;
  • Cadastre operações como favoritas e ganhe agilidade no acompanhamento dos financiamentos;
  • Pesquise fornecedores e produtos credenciados junto ao BNDES.

 

 

Agora é com você!

 

Faça as contas, analise a real necessidade, esteja ciente dos motivos para esse financiamento, planeje.

E se todas essas ações te levarem a buscar o financiamento você já sabe como fazer.

 

 

Fontes: Fiesp e BNDES

 

Ose Fernandes