Um dos desafios enfrentados pelos empresários atualmente é a enxurrada de novidades, e digo isso, sem me referir as boas novidades. Falo das novas obrigações fiscais, do novo comportamento do consumidor e desse novo universo que é a internet, onde devemos sobreviver sem ainda saber muito bem como.

 

A cada novo amanhecer, nasce:
Um novo sol,
um novo “tem que fazer” e
um novo Guru desse novo “tem que fazer”.

 

Até aí tudo bem. Aceito e defendo que quem trocou suas horas de balada por livros, deixou de comprar o jeans para comprar um curso e tem mais professores que amigos deve sim vender seu tempo e conhecimento, mas o que me mata são os profissionais de meia página, aqueles que assistem uma palestra e saem vendendo falsas soluções para empreendedores ou falsos problemas para empresários.

 

Não seja nenhuma dessas duas pessoas!  Sério…

 

E veja bem, não estou dizendo para você não ser um picareta, até porque se essa for sua intenção, o que menos importa é a opinião desta louca que te escreve. Estou dizendo para você não ser uma piada. Não seja uma PIADA.

Qualquer pessoa, com mais de cinco anos de idade, já sabe juntar letrinhas e escrever Google, então, checar se as informações que você está passando tem sentido ou não, e as pessoas irão fazer isso assim que você deixar a sala, então faça um favor a si mesmo: prepare-se!

 

Se você decidir que vai ganhar a vida vendendo soluções para novos empreendedores: se capacite, estude, escute mais ainda. Veja o que deu certo e principalmente o que não deu.
Se aprofunde no conhecimento, caso contrario seus clientes, só serão seus alunos na primeira hora de aula e sua reputação será usada como analogia para café pequeno.

 

Agora, se sua intenção é atender empresários, vou te dar uma dica que pode te livrar de muitos vexames: ouça antes de falar e conte com o conhecimento de outras pessoas. Não estamos mais em um tempo, onde somente quem tinha acesso a cursos caríssimos tinha informação e por isso podia falar qualquer barbaridade que todo mundo acreditava. Pouquíssimos são os casos em que alguém ter que ficar imerso em um curso durante 10 dias para aprender como vai funcionar a nova regra fiscal, ou coisa que o valha.
Hoje basta assistir alguns vídeos e você terá acesso à informação suficiente para discutir o assunto e entender qual o melhor caminho para implantar um processo ou apurar uma informação. Isso vale para o dono da empresa e também para aquela auxiliar de faturamento, porque sim, essa profissional ainda não tem um diploma, nem fala tecnês, mas sabe digitar Google que é uma beleza. Então meu amigo, acredite no que eu te digo: depois que inventaram a internet, quem tem um olho não é o Rei, e sim o bobo da corte caolho, portanto mantenha os seus DOIS olhos sempre bem abertos: PREPARE-SE!

 

 

Mirtis Fernandes

https://www.linkedin.com/in/mirtis-fernandes-a9207036/

EnglishPortugueseSpanish