Em janeiro a sua empresa pode trocar seu regime tributário pelo que for mais vantajoso, optando entre Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real.

Percebe-se que os empresários acreditam que a opção pelo Simples Nacional é sempre a menos onerosa.
Nem sempre isso acontece, pois tudo depende da atividade da empresa, do valor da sua folha de pagamento e do volume de faturamento.

Vamos falar mais sobre isso?

O Simples Federal foi criado, em 1996, e desde lá  sofreu algumas alterações e o seu cálculo deixou de ser tão simples.

Hoje, é chamado de Simples Nacional  e engloba 8 tributos entre federais, estaduais e previdenciários.

A tributação aplicada é de acordo com a atividade da empresa, que deverá se enquadrar em um dos 5 anexos.

As faixas de alíquotas variam de 4% até 33% e crescem junto com o  faturamento acumulado nos últimos 12 meses.

Em  2018 foi instituído o redutor da receita, para se chegar ao valor do imposto efetivamente devido no mês.

Só por esses fatores já se percebe que o Simples já não é mais simples.

Caso a sua empresa seja, por exemplo:

1.  Uma clínica odontológica
2.  Os dentistas que nela atuam sejam associados
3.  Sua folha de pagamento seja baixa
4. Faturamento anual em torno de 2 milhões.

É possível que a opção pelo simples não seja a melhor decisão.

O Simples Nacional, regime criado pensando nos pequenos empresários que:

Atualmente são responsáveis por 54% dos empregos formais no país,
Responderam por 83% das ofertas de vagas de emprego no ano de 2018, Representam 98% do total de empresas e 27% do PIB brasileiro.

Mas de simples tem mesmo só a unificação de 8 guias de impostos em uma só, porque seus cálculos são complexos principalmente se a empresa quiser fazer projeções futuras.

De fato, só um profissional da área será capaz de orientar a melhor opção para o enquadramento tributário da sua empresa.

E já que estamos começando o ano, comece planejando, fazendo cálculos.
Converse com profissionais que poderão te ajudar na nobre missão de alavancar a economia desse país.

Não tenha a pretensão de saber tudo. Foque em saber tudo e muito mais sobre o core do seu negócio.
Se você tem uma loja de roupas o mais importante é comprar as peças mais bonitas.
Se você faz doces o mais importante é fazer os mais gostosos da região,
Se você presta serviços o mais importante é ser o melhor!

A inteligência está em contratar profissionais especialistas para os outros assuntos e fatores  que farão sua empresa ser um sucesso em 2019.

 

Ose Fernandes
Planejadora Financeira
Mentora e Especialista em gestão de confecção
Facilitadora Tátil_

EnglishPortugueseSpanish